logo-indiara-vereadora.png
 
 
Indiara Barbosa: “não são precisos milhões para fazer uma boa campanha”

Candidata do Novo caminha para ser a primeira vereadora da legenda a se eleger para a Câmara

05 DE NOVEMBRO | 2020

 

indiara-campanha.jpg
linha-laranja-indiara.jpg

Curitiba, 05/11/2020 - Material gráfico com umbom design, uma equipe competente e estratégica, presença maciça nas redessociais. Para estar presente no imaginário da população é preciso coordenartudo isso com um certo investimento. Mas uma campanha exitosa não precisa ser milionária.

É o que mostra a candidata àvereadora pelo Partido Novo, Indiara Barbosa. Seguindo um posicionamentoda legenda, ela abriu mão do Fundo Eleitoral – verba pública destinada aospartidos para as eleições - e está financiando a campanha com dinheiro devaquinha eletrônica e doações de pessoas físicas, conforme determina alegislação. “Antes de mais nada, precisamos de profissionais competentes eengajados ao nosso lado. Mas não são precisos milhões para fazer uma boacampanha. Tem muita gente investindo nesse projeto, seja com trabalhovoluntário ou com investimento em dinheiro.”, reforça Indiara.

Por meio do queroapoiar.com.br/indiarabarbosa, vaquinha virtual que arrecada valores desde 10 até 1000 reais, foramarrecadados mais de R$ 30 mil reais, com a participação de cerca de 100pessoas. Já as doações feitas com CPF na conta de campanha ultrapassaram dos R$100 mil conforme está declarado no portal divulgacandcontas.tse.jus.br do Tribunal Superior Eleitoral.

No site também é possível acompanhar todoo fluxo de entradas e saídas da campanha como o ranking de doadores e defornecedores.

 

Articulação e trabalho

Com a internet, o foco de divulgaçãodos candidatos migrou em grande parte para as redes sociais, com vídeos e postscom as propostas de campanha e a agenda dos candidatos. Mas não é só isso.Mesmo com a pandemia, o bom e velho “pé na estrada” não foi substituído.Incansável, com máscara, álcool gel e material em punho Indiara faz visitas aempresas, participa de eventos e caminha pelos bairros e feiras livres numaprogramação diária intensa.

No último final de semana, Indiaraarticulou uma grande carreata por Curitiba com a presença de João Guilherme,candidato à prefeitura pelo Partido Novo.

Na câmara, a candidata irá fiscalizaras contas públicas, reduzir a burocracia para incentivar o empreendedorismo,profissionalizar a Educação Básica e abrirá mão dos privilégios de gabinetenuma gestão inovadora.

Com essas bandeiras e muito trabalho,Indiara Barbosa pode fazer história na trajetória do Partido Novo tornando-se aprimeira vereadora da legenda na capital paranaense. “Estou confiante queiremos entrar junto com outros eleitos do partido. Quanto mais vereadores doNovo tivermos, mais poderemos articular o tipo de gestão que sonhamos para aCâmara”, afirma Indiara.

 

 

Sobre Indiara Barbosa

Nascida em Umuarama (PR), no ano de 1983, é mãe do Luigi, 7 anos. Formada em Administração e Ciências Contábeis, é auditora contábil, trabalhou por 13 anos em uma empresa multinacional de auditoria e chegou ao cargo de gerente sênior. Trocou a carreira na iniciativa privada para trabalhar na fiscalização das contas públicas. É candidata a vereadora em Curitiba pelo Partido NOVO

 

Sobre o Partido NOVO

O NOVO é um partido fundado por cidadãos ficha-limpa, que nunca haviam se envolvido com política e resolveram sair da indignação para a ação. O grupo percebeu que a política é o caminho para mudar o Brasil. E este caminho deve ser percorrido por gente qualificada e íntegra, através de uma instituição com princípios, valores e visão de longo prazo. Só assim é possível mudar o modelo de Estado e construir um NOVO Brasil, com mais oportunidades e menos privilégios.

 

 

Indiara Barbosa

#NovaCuritiba

@indiarabarbosa.NOVO

facebook.com/indiarabarbora

Assessoria de Comunicação: Dani Brito – WhatsApp (41) 99951.9083

 
 
ENTREVISTA

----

“Precisamos de políticos melhores em todas as esferas”

Nesta entrevista exclusiva, a candidata Indiara Barbosa fala sobre sua plataforma para a Câmara de Vereadores de Curitiba, nova política e gestão inovadora

15 DE OUTUBRO | 2020

 

indiara-entrevista.jpg
linha-laranja-indiara.jpg

Olá Indiara, parabéns pela candidatura, as ruas já estão alaranjadas e com o 30000 em toda parte. Como começou o seu envolvimento com a política?

INDIARA: Olá, obrigada! Eu sou auditora contábil, trabalho há 13 anos em uma empresa multinacional, nunca tinha me envolvido com a política até 2018, que foi quando eu tomei a decisão de ser candidata na época a deputada federal, porque acredito que a gente precisa de políticos melhores em todas as esferas o quanto antes. Acredito que a gente precisa construir uma cidade, um país melhor para as futuras gerações, foi isso que me motivou. Em 2018 eu tive uma boa votação, faltou pouco para eu ser eleita e agora novamente sou candidata a vereadora em Curitiba pelo Partido Novo.

 

 

E agora, quais são as suas propostas nessa candidatura a vereadora de Curitiba?

INDIARA: A minha principal proposta é fiscalização. Está escrito na Constituição Federal que é responsabilidade da Câmara de Vereadores fazer a fiscalização financeira, contábil e orçamentária do município. E a maioria dos vereadores não têm formação e não dá importância para isso. Aqui em Curitiba, para você ter uma ideia, este ano, 2020, foram aprovadas as contas da prefeitura de 2012 e 2013. Ou seja, com muito atraso. E isso é justamente o que eu faço: verificar e aprovar as contas das empresas na minha profissão. Então por isso eu quero usar o meu conhecimento e a minha informação para fiscalizar a aplicação do dinheiro público, do nosso dinheiro, do dinheiro dos impostos na Câmara de Vereadores de Curitiba.

 

 

Se fiscalizar as contas públicas é papel do vereador, por que é tão difícil e demorada a prestação de contas do município?

INDIARA: Acho que falta vontade política. As contas de 2012 aprovadas esse ano eram ainda da gestão Beto Richa, que depois disso já foi governador e já foi até preso por corrupção. Então eu acho que não tem interesse político, e por isso que a gente pretende trabalhar em conjunto com outros vereadores para que isso seja agilizado. E também com a própria prefeitura. A prefeitura precisa  ter mais governança, mais controles e de melhorar as contas públicas, mas por enquanto ainda está difícil.

 

 

Estamos vendo uma grave disparidade entre a educação privada e pública por causa da pandemia. Enquanto os alunos de escolas particulares seguem tendo aulas on-line, os de escola pública estão sem aulas ou porque não têm computador e internet ou porque estão desmotivados com videoaulas gravadas e não-interativas. Qual a sua proposta para a Educação Básica, que é função do município?

INDIARA: Com certeza a gente precisa melhorar muito a escola pública. Então, mesmo Curitiba sendo uma capital da região Sul, que tem bons índices educacionais, ainda tem muita divergência dentro da própria cidade, bairros que tem índice do IDEB (que é um índice que mede a educação) melhor, outros bairros muito pior. Então a gente precisa melhorar muito a qualidade da educação básica. Eu falo que a educação é a única forma de a gente realmente mudar a sociedade, e dar oportunidades para todas as crianças, elas precisam ter oportunidade de chegar aonde querem. O que eu pretendo fazer principalmente é fiscalizar a educação básica, verificar a educação por bairro, regional… Quanto é gasto de recurso, onde está sendo gasto o recurso. A gente sabe que precisa melhorar muito ainda a gestão, não é só recurso que falta, mas precisa melhorar a gestão da escola pública. Então, as propostas são junto com a prefeitura também dar cursos para os diretores ou propor mudanças para que os diretores de escola sejam também bons gestores e fazer um acompanhamento da gestão das escolas municipais. Além disso propor parcerias com a iniciativa privada, o terceiro setor. Porque hoje Curitiba também não dá conta de atender a demanda por creches, então, às vezes a mãe precisa trabalhar e não tem vaga nas creches. Então, fazendo parcerias com escolas privadas, com instituições do terceiro setor, podemos dar conta de atender essa demanda das creches e melhorar a educação básica.

 

 

Outra plataforma de sua campanha é o empreendedorismo. O brasileiro é muito empreendedor, mas esbarra em excesso de impostos e burocracia. Você poderia detalhar quais as suas propostas para esta área tão importante na geração de empregos?

INDIARA: O Brasil é um dos países mais complexos do mundo para fazer negócios, para pagar impostos… E eu sei disso por causa da minha profissão, eu atendo empresas de pequeno, grande e médio porte. Como contadora, eu sei o quanto é complexo atender as obrigações acessórias e pagar impostos no Brasil. E eu acredito que quem gera emprego não é o governo, são as empresas, os empresários, que se arriscam, que montam empresas e geram empregos e renda pro país. Então, a gente tem que, não é nem facilitar, é parar de atrapalhar a vida do empreendedor, para que ele consiga trabalhar e nesse momento de crise isso vai ser ainda mais importante. Sem emprego muitas vezes as pessoas resolvem montar o próprio negócio, empreender, e as coisas precisam ser mais fáceis para o empreendedor.

 

 

Indiara, sua campanha é viabilizada por meios de doações privadas e vaquinhas seguindo as normas do Partido Novo. Esse já é um bom começo para introduzir uma gestão inovadora quando assumir uma vaga na Câmara. Conta para gente como pretende fazer uma gestão inovadora e transparente como vereadora.

INDIARA: É exatamente isso, como você falou, o Partido Novo não concorda com o uso de dinheiro público, que é o dinheiro que deveria estar indo para a saúde, segurança, educação. E, hoje são destinados bilhões de reais para os partidos políticos. Isso, dentro dos partidos, vão para os caciques, que distribuem, geralmente entre os políticos que já estão eleitos para se reeleger. Nós somos contra! Nós não usamos, já declaramos, abrimos mão desse recurso, e por isso as nossas candidaturas são suportadas pelas pessoas que acreditam nas nossas ideias. Por isso a gente faz uma vaquinha online, então quem gostar das nossas ideias pode contribuir na internet, no nosso site queroapoiar.com.br/indiarabarbosa.  E, além disso, falando da questão da inovação, com certeza a gente pretende trazer práticas inovadoras da iniciativa privada para o mandato, planejamento estratégico, metas, métricas. Fazer um mandato mais eficiente. Também pretendemos criar um edital para distribuição de emendas. Os vereadores distribuem emendas e hoje não têm critérios. Os políticos do Novo usam uma análise técnica para entender onde precisam mais recursos, quais são os projetos nos quais o dinheiro vai ser melhor aplicado. Nós vamos fazer isso também no nosso mandato, fazer um mandato mais transparente, gabinete online, gabinete itinerante. Estar mais perto das pessoas para que as pessoas participem com a gente, entre outras ideias aí que realmente são novas na política.

 

 

E para finalizar, deixe o seu recado para o eleitor curitibano.

INDIARA: Eu, como falei, sou nova na política e acredito que a gente precisa realmente renovar. Aqui em Curitiba, no Paraná e no Brasil é prática os mesmos sobrenomes na política há muitos anos, então vamos colocar gente nova de verdade, com certeza eu quero trabalhar para cuidar melhor do dinheiro de vocês. Peço o apoio de vocês, Indiara Barbosa para vereadora em Curitiba pelo Partido Novo, número 30.000. Se você concorda também com as minhas ideias, me acompanha nas redes sociais, compartilhe esse conteúdo para os seus amigos, e vamos juntos!

 

Obrigada Indiara, parabéns e sucesso!

Obrigada Indiara, parabéns e sucesso!

 

 

Indiara Barbosa propõe regular impacto legislativo para o empreendedor e Lei de Liberdade Econômica Municipal

Candidata tem propostasconcretas para desburocratizar e desonerar a livre iniciativa

08 DE OUTUBRO | 2020

 

indiara-lei-de-liberdade-economica.jpg
linha-laranja-indiara.jpg

A Lei de Liberdade Econômica, promulgada no ano de 2019, é um instrumento de garantias de direitos e princípios da livre iniciativa. Um dos aspectos mais objetivos é tirar a necessidade de alvarás para a execução de atividades econômicas de baixo risco.

Em dezembro de 2019, a Prefeitura de Curitiba editou o Decreto 1.709 contemplando 242 além das 287 atividades abarcadas pela legislação federal, totalizando 545 atividades. A fim de fortalecer os princípios e diretrizes da Lei de Liberdade Econômica Federal, Indiara Barbosa, candidata a vereadora pelo Partido Novo, propõe a Lei de Liberdade Econômica Municipal, que visa extinguir o excesso de burocracia para a obtenção de alvarás para diversas atividades.

Um dos principais pilares será a alteração dos artigos 32 e 33 da Lei 11.095/2005, que determina que todas as atividades econômicas somente serão desenvolvidas no Município de Curitiba após a expedição de alvará. “A minha intenção é que a taxatividade seja de atividades que sejam obrigadas a ter alvarás e não o contrário. Desta forma, deixamos o ônus para o governo e não para o empreendedor”, explica Indiara Barbosa.

 

IMPACTO LEGISLATIVO

Com a Lei de Liberdade Econômica promulgada no nível Federal em 2019, ficou determinado que as normas editadas por agências regulatórias que resultassem em custos para os agentes econômicos passassem por uma Análise de Impacto Regulatório (AIR). Com a edição do Decreto 10.411/2020, foram determinadas as metodologias para a realização das AIRs.

No nível municipal, as regulações que impactam os empreendedores são elaboradas pelos vereadores sem qualquer análise técnica. Diversas são as normas elaboradas que impõem custos aos empreendedores sem uma previsão do impacto que causarão aos bolsos de quem se arrisca na iniciativa privada.

A proposta se trata de internalizar, no nível municipal, algo semelhante à AIR, com a chamada Análise de Impacto Legislativo (AIL). A ideia se daria através de emenda à Lei Orgânica do Município de Curitiba, para que todos os Projetos de Leis que gerem custos aos empreendedores, sejam instruídas, necessariamente, com um cálculo de impacto.

Para Indiara Barbosa, a preocupação para a modernização legislativa deve ser constante e todas as Leis e regulações devem ser revistas periodicamente. “Desta forma, minha outra proposta é a elaboração da Análise de Resultado Regulatório (ARR), que avaliará, através dos resultados obtidos pela regulação em análise, a necessidade de revogação dessas Leis, a fim de se manter uma pauta contínua de desburocratização”, conclui Indiara. Além de uma pauta focada no empreendedorismo, Indiara Barbosa tem como temas de campanha a Fiscalização, a Educação Básica e o Gestão inovadora.

 

 

Obra inacabada de Linha Verde é exemplo de falta de fiscalização mais rigorosa às contas públicas

30 DE SETEMBRO | 2020

 

linha-verde-indiara.jpg
linha-laranja-indiara.jpg

Executiva licenciada de uma multinacional de auditoria e consultoria contábil, Indiara Barbosa, candidata à vereadora pelo Partido Novo, tem como uma das principais bandeiras a fiscalização das contas públicas. 

Infelizmente em Curitiba a situação é crítica:  no ano de 2020, a Câmara de Vereadores aprovou as contas de 2013 da Prefeitura, ou seja, estamos 7 anos atrasados. A fiscalização é uma das principais funções de um vereador, além de legislar, e isso está no artigo 31 na Constituição Federal. 

Há obras que são passadas de mandato para mandato como verdadeiras maldições. A Linha Verde é um bom exemplo. A nova previsão de entrega da via é dezembro de 2021, quando completará uma década e meia de execução.

A Linha Verde começou a ser feita em 2007 com o objetivo de melhorar a ligação entre as regiões Norte e Sul da capital, servida por um precário trecho urbano da BR-116. Pela via, trafegam diariamente cerca de 50 mil veículos.

O projeto já passou pela gestão de quatro prefeitos: Beto Richa, Luciano Ducci, Gustavo Fruet e Rafael Greca.

A obra caminha para atingir um investimento total de R$ 485,9 milhões (somando-se custos já realizados, em aplicação e os já programados), 128% a mais que a estimativa inicial que era de R$ 213 milhões em 2001, na fase de negociação do primeiro contrato de financiamento do projeto.

Foram feitos leilões que dividiram a obra em pequenos trechos, mas nenhum foi finalizado até hoje. Os bairros do Cajuru, Bacacheri, Atuba, Bairro Alto, Tarumã convivem com um grande canteiro de obras há anos. Algumas empresas concluíram 85%, 75% das obras. Outra apenas 4%.

A prefeitura tem feito leilões para tentar finalizar a obra com outras empresas. Isso significa mais documentações, mais gastos, mais prejuízo para o comércio do entorno, mais transtornos para os moradores, mais risco de superfaturamento. Sem falar na segurança, pois alguns trechos em obras são mal sinalizados, um perigo para motoristas e pedestres.

A segurança dos cidadãos e a estrutura da cidade têm pressa. Curiosamente, as obras foram retomadas “a todo vapor” pela atual gestão no ano de 2020. “Infelizmente, a Linha Verde é um exemplo prático de como a fiscalização das obras da prefeitura é importante, não importa qual partido esteja no poder”, afirma Indiara Barbosa. 

A candidata propõe um projeto de Auditoria recorrente nas principais áreas da Prefeitura, com profissionais dedicados a isso. “Ao fazer a fiscalização de forma efetiva combateremos os principais problemas que temos hoje: corrupção, má gestão e inchaço da máquina pública”, conclui Indiara Barbosa. 

Além de fiscalizar as contas públicas, Indiara Barbosa terá como missão na Câmara legislar para melhorar a vida do cidadão nas áreas da   Educação, Empreendedorismo e Gestão Inovadora.  

 

linha-laranja-indiara.jpg

 

Indiara Barbosa vai fiscalizar as contas públicas com perfil técnico e empatia

30 DE SETEMBRO | 2020

 

Candidata do NOVO à Câmara dos Vereadores deixou a iniciativa privada para inspirar os eleitores com a perspectiva de mudança

 

indiara-fiscalizar-curitiba.jpg
linha-laranja-indiara.jpg

Em um país cansado de escândalos de corrupção e má gestão pública, um novo perfil de políticos é uma mudança esperada, promissora e otimista. É nesse contexto que a administradora e contabilista Indiara Barbosa, 37 anos, se lançou na política em 2018 para concorrer pela primeira vez a um cargo eletivo já deixando uma marca expressiva: foi a candidata a deputada federal mais votada do Partido NOVO, com quase 31 mil votos em todo o estado. A eleição só não se viabilizou por causa do coeficiente eleitoral.

Executiva de uma multinacional de auditoria e consultoria contábil, a paranaense se debruça agora sobre seu plano de ação para a Câmara dos Vereadores de Curitiba, cargo ao qual concorre nas Eleições Municipais de novembro. “Precisamos de políticos melhores o quanto antes, em todas as esferas. Não quisemos perder tudo o que já construímos nas eleições de 2018. Pretendo começar o quanto antes”, afirma ela sobre a decisão de concorrer nas Eleições Municipais.

 

PREPARO

Formada em Administração de Empresas pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), Ciências Contábeis pela SPEI e com MBA em Gestão Estratégica (ISAE FGV-PR) e CFO pelo Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças (IBEF-PR) e Universidade Positivo, Indiara Barbosa tem se preparado para trocar a iniciativa privada pela gestão pública.

Além de passar pelo extenso e exigente processo de admissão do Partido NOVO, em 2019 voltou às salas de aula como aluna do RenovaBR, a maior escola de democracia do país para novas lideranças, nas modalidades Cidades (2019) e Legislativo (2020). É integrante da RAPS – Rede de Ação Política e Sustentabilidade e do MEXX – Mulheres Executivas e da organização Mulheres do Brasil desde 2018. Além disso, fundou o Instituto de Formação de Líderes (IFL). “Entendo que a minha formação e experiência podem ser úteis na política. Posso contribuir mais como vereadora do que na iniciativa privada”, diz a pré-candidata.

Recentemente, Indiara foi destaque em reportagem da Agência Folha sobre o projeto de mentoria para pré-candidatas da RAPS, organização que trabalha na formação de pessoas com mandato ou que querem entrar para a política.

 

BANDEIRAS

Na Câmara dos Vereadores, Indiara pretende encampar uma das principais funções do legislativo: a fiscalização das contas públicas. Tendo como base sua sólida formação, a experiência com auditorias e os princípios construídos ao longo de uma carreira como executiva, suas principais bandeiras de campanha são Fiscalização, Educação, Empreendedorismo e Inovação. “Corrupção, má gestão e inchaço na máquina pública são problemas crônicos dos municípios. Se fizermos um trabalho de fiscalização bem feito conseguimos combater esses três problemas”, explica a política.

Para efetivar suas propostas, Indiara pretende criar um sistema de gabinete itinerante, ouvindo os cidadãos, suas demandas e criando auditorias setorizadas e periódicas nos diversos setores assistidos pelo município. “Pretendo trabalhar por Curitiba. A ideia é fazer distribuição de emendas mais técnicas com análise de áreas que precisam mais e quais os projetos estruturados para receber os recursos”, antecipa.

No âmbito do empreendedorismo, responsável por cerca de 80% das vagas de empregos, a meta é diminuir a carga burocrática para pequenas e médias empresas, trazendo para o âmbito municipal a Lei de Liberdade Econômica, já aprovada como MP. “Quanto mais fácil for abrir uma empresa, maiores são os incentivos para formalizar as que estão na informalidade. Consequentemente, maior arrecadação de impostos e mais impostos”, justifica.

Com seu perfil técnico, integridade e movida por um grande senso de responsabilidade e empatia Indiara Barbosa pretende inspirar os eleitores com a perspectiva de mudança. O êxito na disputa nas urnas em 2018 foi o primeiro passo de uma longa caminhada de representatividade feminina e compromisso com a nova política.

 

Sobre Indiara Barbosa

Nascida em Umuarama (PR), no ano de 1983, é mãe do Luigi, 7 anos. Formada em Administração e Ciências Contábeis, é auditora contábil, trabalhou por 13 anos em uma empresa multinacional de auditoria e chegou ao cargo de gerente sênior. Trocou a carreira na iniciativa privada para trabalhar na fiscalização das contas públicas. É candidata a vereadora em Curitiba pelo Partido NOVO

 

Sobre o Partido NOVO

O NOVO é um partido fundado por cidadãos ficha-limpa, que nunca haviam se envolvido com política e resolveram sair da indignação para a ação. O grupo percebeu que a política é o caminho para mudar o Brasil. E este caminho deve ser percorrido por gente qualificada e íntegra, através de uma instituição com princípios, valores e visão de longo prazo. Só assim é possível mudar o modelo de Estado e construir um NOVO Brasil, com mais oportunidades e menos privilégios.

 

 

linha-laranja-indiara.jpg

 

Empreendedorismo é um dos focos de campanha

30 DE SETEMBRO | 2020

 

empreendedorismo-indiara.jpg
linha-laranja-indiara.jpg

A candidata do Partido Novo, Indiara Barbosa, inicia sua jornada rumo à Câmara dos Vereadores com propostas que impactam diretamente na vida do cidadão.

O empreendedor brasileiro enfrenta uma sequência interminável de desafios em seus negócios. Quando está acertando a gestão, nasce uma crise financeira. Quando o caixa está controlado, é regulada uma nova lei que modifica o setor em que o negócio atua. São tantas questões que fica difícil se manter informado e atento às oportunidades neste cenário complexo. Mas há muitas iniciativas que têm como foco ajudar a enfrentar as dificuldades do empreendedorismo no Brasil. Paralelamente, Curitiba foi reconhecida como o ecossistema de inovação mais promissor do país. As oportunidades tendem a aumentar à medida que se fortaleça a aliança entre iniciativa privada e poder público.

Pensando neste setor estratégico, Indiara Barbosa elegeu este um dos temas centrais da sua campanha. “Tenho como bandeiras o empreendedorismo e a inovação na gestão pública, por isso quero trazer para o nível municipal a Lei de Liberdade Econômica para facilitar a vida do empreendedor”, comenta a candidata, que é administradora e auditora contábil.

Além do Empreendedorismo, as outras plataformas de campanha de Indiara Barbosa são Fiscalização, Educação e Gestão Inovadora.